Clio Engenharia e Construção | Curitiba, Paraná

15 de janeiro de 2018

Construção em áreas litorâneas

A correria no cotidiano dos trabalhadores e o imenso contato com o estresse comumente espalhado pelas grandes cidades impulsionaram a crescente busca por moradias localizadas em áreas onde a natureza impera de forma majestosa. Dentre as vastas opções existentes, a possibilidade de habitar uma região litorânea é, sem dúvida, o desejo mais frequente daqueles que buscam uma maior interação com os elementos naturais. Porém, para iniciar uma construção na praia, será necessário obter alguns cuidados.

A má escolha dos materiais a serem utilizados nas obras e a ausência de estudos prévios sobre a interferência dos fenômenos naturais nas estruturas a serem construídas são as principais causas de preocupação para proprietários de imóveis localizados em áreas do litoral.

Conte com a Clio Engenharia na hora de construir ou reformar em Curitiba!

praia

A principal causadora de danos nas obras litorâneas é a maresia. Materiais como postes e corrimãos oxidam velozmente ao entrar em contato com essa névoa fina e úmida existente em cidades próximas ao mar.

A principal explicação para a ocorrência desse fenômeno corrosivo é a elevada concentração de sais nessas regiões, fator que desencadeia reações químicas criando um estágio de elevada condutividade elétrica no sistema. Dentre os problemas causados pela maresia, é comum citarem-se rachaduras em concreto e o surgimento de ferrugem em carros.

É fundamental a realização de um estudo detalhado a fim de determinar as melhores soluções para situações como ventos dominantes e a direção da trajetória do sol, afinal de contas, todo mundo deseja uma brisa agradável e um sol moderado para curtir cada momento próximo à praia, sem situações inadequadas.

 

Alguns cuidados importantes 

Áreas de proteção ambiental: deve-se estudar cuidadosamente a documentação do terreno em questão. Muitas áreas do nosso litoral são atualmente consideradas APAs (áreas de preservação ambiental) ou APPs (áreas de preservação permanente). No primeiro caso, qualquer construção demandará estudos ambientais específicos relativos ao impacto ambiental que a construção pode causar. No segundo caso, das APPs, qualquer construção é proibida.

praia2

Tipo de solo: os solos presentes em áreas litorâneas geralmente são menos consistentes, o que requer a sondagem do terreno para assim decidir qual o melhor tipo de fundação, evitando desabamentos e deslizamentos. Temos como exemplo a Orla de Santos, no estado de São Paulo. Possui um solo peculiar, formado por uma camada de areia, seguida por uma camada de argila marinha, mais areia e depois uma última camada de rocha. Prédios antigos construídos com fundações rasas começaram e entortar. Para evitar isso, os novos prédios estão sendo construídos com fundações profundas, cerca de três vezes mais caras.

Materiais: para evitar problemas, as ferragens devem ser protegidas pelo concreto. Outras estruturas metálicas também demandam cuidados especiais. O aço deverá receber pinturas especiais contra a corrosão ou ainda pode-se optar pela utilização de aços do tipo patinável, em que a própria ferrugem protege o material da corrosão.Entretanto, em casos de construções muito próximas à praia em que as superfícies sofram com a abrasão da areia, esse tipo de aço não é indicado. Isso porque a areia tende a retirar continuamente essa “camada protetora enferrujada” do aço, que estará em permanente processo de corrosão.

Telhas: Já as telhas cerâmicas precisam ser impermeabilizadas, para diminuir o efeito da cristalização dos sais de areia, que gera esfarelamento do acabamento. As telhas de concreto devem ter acabamento em camada de verniz acrílico, que garantem telhado limpo por mais tempo. Em edificações com coberturas planas, é possível utilizar as telhas de fibrocimento sem amianto ou lajes impermeabilizadas. Descendo do telhado para o piso, os mais adequados são os porcelanatos com acabamento fosco. Podem ser utilizados os de tons manchados, que disfarçam a presença de areia.

praia3

Portanto, diversos fatores devem ser levados em consideração na hora de construir no litoral, para que seja evitado futuros problemas.

Conte com a Clio Engenharia na hora de construir ou reformar em Curitiba!